Açoriano Oriental
Maddie
Polícia alemã faz escavações em Hannover onde suspeito morou

A polícia alemã realizou esta terça-feira escavações num jardim de uma residência perto de Hannover relacionadas com o pedófilo alemão Christian B., suspeito do desaparecimento da criança britânica Maddie McCann e de outros menores, informaram as autoridades germânicas.

Polícia alemã faz escavações em Hannover onde suspeito morou

Autor: Lusa/AO Online

"As buscas estão ligadas à nossa investigação do caso Maddie McCann", disse à agência noticiosa AFP Julia Meyer, porta-voz da Procuradoria de Braunschweig, que investiga o desaparecimento de Maddie McCann e de outras crianças relacionadas com o suspeito Christian B, de 43 anos, que se encontra detido na Alemanha depois de ter vivido no Algarve na altura em que Maddie desapareceu.

A porta-voz não forneceu mais detalhes sobre as diligências que levaram os investigadores a utilizar uma escavadora, segundo adianta o jornal local Hannoversche Allgemeine, que recorda que o suspeito já morou em Hannover.

O caso registou novos desenvolvimentos desde o início de junho, com a identificação deste novo suspeito, Christian B., um pedófilo alemão anteriormente condenado por violação de uma idosa em Portugal e atualmente a cumprir prisão na Alemanha.

Os investigadores alemães estão convictos de que Madeleine McCann, que tinha três anos na altura do seu desaparecimento em Portugal, em 2007, está morta.

A Procuradoria de Braunsschweig diz ter "evidências ou factos concretos" que suportam a tese de que Maddie McCann está morta, mas não "evidências forenses", uma vez que o corpo da criança inglesa nunca foi encontrado.

O suspeito, Christian B., está detido em Kiel, norte da Alemanha, por outros crimes.

Em 2007, o suspeito morava a escassos quilómetros do aldeamento turístico da Praia da Luz, onde Maddie McCann desapareceu.

Para a polícia alemã, Christian B é suspeito do homicídio da criança inglesa que estava de férias com os pais e os outros dois irmãos gémeos em Portugal no momento de seu desaparecimento.

Por outro lado, o advogado de defesa de Christian B., citado pelos media germânicos, refuta qualquer envolvimento do seu constituinte no desaparecimento das crianças.

De acordo com os órgãos de comunicação social locais, os investigadores alemães descobriram roupas de criança numa caravana que pertencia ao suspeito e estão na posse de discos contendo milhares de imagens de conteúdo pedófilo.

No âmbito do processo em que está a cumprir pena na Alemanha por outros crimes, o suspeito pediu para sair em liberdade condicional, mas o pedido tem sido rejeitado por influência da Procuradoria de Braunschweigh, que acredita que Christian B., é a chave para o desaparecimento de Maddie e de outros menores na Alemanha.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.