Pilotos da TAP decidem hoje se param em janeiro


 

Lusa/AO Online   Nacional   16 de Dez de 2011, 07:53

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) decide hoje em assembleia geral se mantém ou anula os quatro dias de greve previstos para o início de janeiro.

"A assembleia de empresa dos pilotos da TAP foi convocada para o próximo dia 16, sexta-feira, às 15:00, em Lisboa", disse à Lusa na segunda-feira fonte oficial do sindicato.

Na semana passada, o SPAC decidiu desconvocar o primeiro de dois períodos de greve, previsto para dezembro, depois de ter encontrado "no Governo um interlocutor sério e interessado em viabilizar uma solução equilibrada para o envolvimento dos pilotos no processo de privatização" da TAP.

Na altura, o SPAC decidiu também convocar uma assembleia para decidir a manutenção ou anulação do segundo período de greve, que abrange os dias 03, 04, 05 e 06 de janeiro, que se realiza hoje.

O SPAC avançou para a greve para "exigir" à TAP o cumprimento das normas do Acordo de Empresa, a "reposição de um clima laboral que reponha a equidade no tratamento entre pilotos e chefias" e o "envolvimento dos pilotos no processo de privatização da companhia aérea".

Apesar de ter sido desconvocada, o aviso de greve dos pilotos provocou perdas à TAP "nunca inferiores a 10 milhões de euros", segundo dados divulgados pelo porta-voz da companhia aérea.

A última greve convocada pelo SPAC durou dois dias e decorreu em setembro de 2009.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.