Paquistão

Perto 3,5 milhões de crianças em risco de contrair doenças


 

Lusa / AO online   Internacional   16 de Ago de 2010, 11:25

Perto de 3,5 milhões de crianças paquistanesas estão em risco de contrair doenças na sequência das inundações que atingiram o país e afectaram cerca de 20 milhões de pessoas, afirmou esta segunda-feira um porta-voz da ONU
“Cerca de 3,5 milhões de crianças estão fortemente expostas ao risco de contrair doenças mortais ligadas à diarreia, como a disenteria”, disse Maurizio Giuliano, do Gabinete de Coordenação dos Assuntos Humanitários das Nações Unidas (OCHA).

O porta-voz evocou também o risco de contraírem hepatite A e E e tifóide.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.