Sporting

Paulo Bento diz que esteve "quatro meses a mais" em Alvalade

Paulo Bento diz que esteve "quatro meses a mais" em Alvalade

 

Lusa/AO online   Futebol   6 de Nov de 2009, 12:04

Paulo Bento disse hoje, na sua despedida de treinador de futebol do Sporting, ter estado "quatro meses a mais" no clube, com o qual tinha renovado no final da época contrato até 2011

O técnico, que tinha contrato até 2011, disse que, para já, sai sozinho e considerou que a principal razão da saída foi a de perceber que "a equipa caminhava para um beco sem saída", depois de ter chegado à 9.ª jornada no 7.º lugar do campeonato.

"Acredito que estive quatro meses a mais no Sporting", afirmou Paulo Bento, em conferência de imprensa, acrescentando: "Não estou arrependido, mas tenho clarividência necessária para saber e sentir que não foi a melhor decisão".

O técnico, que renovou contrato até 2011 no final da época passada garantiu que a decisão de continuar em Alvalade foi tomada com razão, mas com muita emoção.

"Muitas vezes somos tolhidos pelo coração. Tendo alguma razão ao tomar a decisão, tomei a decisão mais com o coração do que com a razão", referiu.

Paulo Bento admitiu ter tomado a decisão de se demitir "pelo Sporting e pelos jogadores" e confessou que esta estava tomada desde o empate de domingo, com o Marítimo.

"Após o jogo com o Marítimo, tomei a decisão de quinta-feira depois do jogo [com o Ventspils, da Liga Europa], fosse qual fosse o resultado, apresentar a minha decisão", afirmou o técnico, garantindo que poucas pessoas sabiam da sua intenção: "Quatro mulheres, as minhas, e cinco homens, quatro da equipa técnica e um elemento externo".

Paulo Bento fez um balanço positivo dos quatro anos em Alvalade, onde conquistou duas Taças de Portugal e duas Supertaças, mas reconheceu que faltou o título de campeão.

"Acabou um ciclo, que durou quatro anos e mais algumas semanas. Um ciclo que considero que foi positivo, que teve momentos complicados, mas faltou durante este período a conquista do grande objectivo que era ser campeão nacional", afirmou.

Paulo Bento deixou uma palavra de agradecimento aos jogadores, à administração e a todos os que trabalharam consigo durante os quatro anos em Alvalade.

O antigo internacional admitiu ainda que não deverá trabalhar até final da época, e que vai ficar a torcer para que o Sporting "atinja todos os seus objectivos".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.