Papa reza no memorial a madre Teresa de Calcutá e pede que interceda pelos pobres

Papa reza no memorial a madre Teresa de Calcutá e pede que interceda pelos pobres

 

Lusa/AO Online   Internacional   7 de Mai de 2019, 12:15

O Papa Francisco visitou o memorial dedicado à madre Teresa de Calcutá, construído numa igreja onde a santa foi batizada em Skopje, na Macedónia do Norte, e numa oração pediu que sejam escutados os gritos dos pobres.

Francisco, que visita a Macedónia, foi recebido à porta deste memorial pelas Missionárias da Caridade, congregação fundada por madre Teresa de Calcutá, e visitou esta nova construção onde se encontram alguns dos objetos que pertenciam à santa que canonizou em 2016, tendo parado alguns minutos diante de uma relíquia.

Na sua oração, o Papa descreveu como madre Teresa de Calcutá, laureada com o prémio nobel da Paz em 1979, “sabia fazer o bem aos mais necessitados", considerando-a "a voz de oração dos pobres e de todos os que têm fome e sede de justiça".

"Nós lhe pedimos, Santa Madre Teresa, mãe dos pobres, sua especial intercessão e ajuda, aqui, na cidade de seu nascimento", disse o Papa pedindo que interceda "diante de Jesus para obter a graça de estar vigilantes e atentos ao clamor dos pobres, daqueles que são privados de seus direitos, dos doentes, dos marginalizados, dos últimos".

O Papa pediu a intercessão da santa, que morreu em Calcutá depois de uma vida dedicada aos mais pobres da Índia, para ser "um sinal de amor e esperança em nosso tempo, em que há tantos necessitados, abandonados, marginalizados e emigrantes".

O pontífice argentino chegou à Macedónia do Norte hoje depois de uma visita de dois dias à Bulgária e, no seu discurso às autoridades do país, elogiou Madre Teresa e pediu-lhes que seguissem o seu exemplo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.