Papa Bento XVI proclama João Paulo II "venerável" e com "virtudes heróicas"

Papa Bento XVI proclama João Paulo II "venerável" e com "virtudes heróicas"

 

Lusa   Internacional   19 de Dez de 2009, 14:01

O Papa Bento XVI proclamou hoje "venerável" o seu antecessor João Paulo II, última etapa antes da beatificação que poderá ocorrer no próximo ano, segundo a imprensa italiana.

Em decreto assinado hoje, o sumo pontífice reconhece "virtudes heróicas" tanto ao seu antecessor polaco como ao papa Pio XII, no seguimento de avaliações feitas em 17 de Novembro pela Congregação para a Causa dos Santos.

Virá a seguir a última etapa antes da beatificação de Karol Wojtyla com o exame ao "milagre" atribuído a João Paulo II: o caso da madre francesa Marie Simon-Pierre, da congregação das Irmãzinhas das Maternidades Católicas, curada sem explicação médica da doença de Parkinson em 2005.

Este caso, considerado um fenómeno pela Igreja, será examinado primeiro por uma comissão médica, a seguir por uma comissão de teólogos e por fim pela comissão de bispos e cardeais.

A imprensa italiana especula a data da beatificação para a próxima Primavera, cinco anos após o seu falecimento ocorrido em 02 de Abril de 2005, ou Outubro de 2010, para marcar o 16 de Outubro de 1978, data da sua eleição para a chefia da Igreja católica.

O processo de beatificação foi desencadeado por Bento XVI dois meses após o falecimento de João Paulo II.

Por outro lado, um comunicado do Vaticano refere que o chefe da Igreja católica aprovou hoje também a beatificação do padre polaco Jerzy Popieluszko, assassinado há 25 anos pela polícia política comunista, que está em última etapa antes de canonização.

O padre Jerzy foi detido por três oficiais da polícia em 19 de Outubro de 1984, após ter celebrado em Bydgoszcz, no centro da Polónia, a sua última missa, tendo sido torturado até à morte devido às suas simpatias pelo movimento democrático polaco.

Também o jornalista espanhol Manuel Lozano Garrido "Lolo" (1920-1971) e os religiosos José Tous y Soler (1811-1871) e Leopoldo de Alpandiere (1866-1956) serão beatificados proximamente, ainda segundo o comunicado do Vaticano.

As datas para estas beatificações serão anunciadas na próxima semana.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.