Férias Escolares

Pais precisavam do dobro das férias para acompanhar ritmo dos filhos


 

Lusa / AO online   Nacional   26 de Mar de 2010, 10:43

Os pais teriam de usufruir do dobro dos dias de férias de que dispõem para acompanhar o ritmo das interrupções lectivas, um problema que se agrava nas faixas etárias mais jovens por falta de alternativas, lamentam os educadores.
Segundo o calendário escolar para a educação pré-escolar, as férias do verão duram cerca de dois meses e há ainda a somar outros 10 dias úteis nas interrupções lectivas do Natal, Carnaval e Páscoa.

Para o ensino básico e secundário, os pais, que geralmente têm 22 dias de descanso, devem prever mais de 50 dias úteis de férias no final do ano lectivo e mais de 10 nas épocas festivas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.