Economia

Orçamento do Estado incentiva à poupança

Orçamento do Estado incentiva à poupança

 

Lusa/AOonline   Economia   6 de Nov de 2008, 10:27

O ministro das Finanças disse que o Orçamento do Estado para 2009 tem medidas que contribuem para aumentar a poupança dos portugueses através das políticas de investimento público, sociais e fiscais.
No segundo dia do debate na generalidade da proposta do Orçamento do Estado para 2009, Fernando Teixeira dos Santos afirmou que o aumento previsto de 13 por cento do investimento público, a subida dos salários dos funcionários públicos acima da taxa de inflação e as medidas de “alívio fiscal” fiscais propostas pelo Governo “aumentam o rendimento disponível”.

    Estas medidas são “um importante contributo não só para que o consumo cresça, ajudando a economia a crescer, mas também para que a poupança aumente”, referiu o ministro das Finanças.

    Vários partidos da oposição têm criticado o orçamento do Estado para 2009, dizendo que este não tem medidas de incentivo à poupança, numa altura em que os níveis de endividamento dos portugueses são elevados e em que a crise fiannceira vai restringir o acesso ao crédito.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.