Açoriano Oriental
Covid-19
Oposição anuncia chegada de 32 toneladas de ajuda humanitária à Venezuela

A oposição venezuelana anunciou que chegou ao país um avião com 32 toneladas de ajuda humanitária para combater a pandemia da covid-19 e também outros equipamentos para área da saúde e nutrição.

Oposição anuncia chegada de 32 toneladas de ajuda humanitária à Venezuela

Autor: Lusa/AO Online

O anúncio foi feito por Miguel Pizarro, comissário para a Organização das Nações Unidas (ONU), nomeado pelo líder opositor Juan Guaidó, precisando que a ajuda humanitária chegou domingo à Venezuela.

“Chegou ao país um avião, de Paris, enviado pela Comunidade Internacional de Doadores, com 32 toneladas de suprimentos de saúde que incluem equipamentos de proteção individual, kits hospitalares com materiais essenciais, máscaras, sabão, proteção para os olhos, suprimentos nutricionais e materiais para campanha de imunização”, explica.

Essa ajuda está destinada “especificamente a ajudar a salvar a vida dos venezuelanos e corrigir a precariedade do sistema de saúde”, refere em comunicado divulgado em Caracas a oposição.

“A ajuda humanitária é um apoio ao país e chega à Venezuela graças à solidariedade de governos e organizações multilaterais”, sublinha.

Por outro lado, a oposição “agradece à Comunidade Internacional de Doadores e às Agências Humanitárias que continuam a permitir que esta ajuda chegue aos venezuelanos”.

“Ao mesmo tempo, recordamos que o espaço humanitário e os princípios humanitários de igualdade, neutralidade, imparcialidade e independência operacional, devem ser respeitados, e a tentativa de propaganda e manipulação deve ser condenada”, frisa a oposição venezuelana, que em 4 de novembro último acusou o Presidente Nicolás Maduro de usar ajuda recebida Unicef em atos de campanha para as eleições legislativas marcadas para 6 de dezembro.

Entretanto, a televisão estatal venezuelana divulgou imagens da chegada do carregamento de ajuda humanitária e anunciou que a Unicef enviou cinco milhões de vacinas para crianças.

A televisão estatal informou que até agora chegaram ao país mais de 2.115 toneladas de ajuda humanitária internacional, entre elas 532 toneladas de material preventivo da covid-19.

Na Venezuela estão confirmados 99.835 casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus, 781 mortes associadas à covid-19 e 94.658 pessoas recuperaram da doença.

A Venezuela está desde 13 de março em estado de alerta, o que permite ao executivo decretar “decisões drásticas” para combater a pandemia.


PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.