Ocupação dos hotéis sobe 5% até Julho


 

Lusa / AO online   Economia   2 de Out de 2007, 12:30

A hotelaria nacional registou um aumento de 6,65 por cento na ocupação, com o preço médio por quarto vendido a descer ligeiramente até Julho face aos primeiros sete meses de 2006, segundo dados da AHP.
A informação hoje divulgada, obtida pelo Hotel Monitor do Gabinete de Estudos e Estatísticas (GEE) da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), revela que o preço médio por quarto vendido naquele período foi de 61,27 euros, menos 0,94 por cento que o valor registado no mesmo período do ano passado.

Na evolução mensal, os dados do Hotel Monitor apontam que em Julho, a ocupação por quarto subiu 11,03 por cento, com destaque para os hotéis de cinco estrelas, com um crescimento de 14,98 por cento, mas o preço médio por quarto vendido desceu 6,94 por cento, para ficar nos 66,68 por cento.

Em Julho, verificou-se um aumento da taxa de ocupação em todas as categorias de alojamento na generalidade dos destinos turísticos portugueses, acrescenta o estudo.

No período de sete meses, o Porto foi a região com subidas mais acentuadas tanto na ocupação, com mais 16,45 por cento, como no preço médio por quarto disponível (RevPar), onde o acréscimo foi de 15,63 por cento.

Segue-se Lisboa, onde, de Janeiro a Julho, a ocupação avançou 8,56 por cento e o RevPar 6,65 por cento.

A região dos Açores apresentou uma ocupação quarto a subir 6,78 por cento e o RevPar a aumentar 3,17 por cento.

Quanto à Madeira, a taxa de ocupação registou um crescimento de 3,81 por cento e o RevPar 2,01 por cento.

Até Julho, o Algarve foi a região turística com crescimentos mais baixos não ultrapassando um acréscimo de 0,89 por cento na ocupação e de 1,8 por cento no RevPar.

O Hotel Monitor é um programa de análise estatística e económica da operação hoteleira nacional, uma plataforma desenvolvida pelo Gabinete de Estudos e Estatísticas da AHP para promover e possibilitar uma análise estatística e económica da indústria de hotelaria em Portugal.

O programa cria indicadores de mercado de suporte à gestão empresarial em cada destino turístico português.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.