Economia

OCDE revê em baixa perspectivas de crescimento dos países do G7


 

Lusa/AO online   Economia   8 de Set de 2011, 15:25

A OCDE reviu em baixa as perspectivas de crescimento dos países mais ricos (G7) e calcula que, com excepção do Japão, cresçam no segundo semestre a um ritmo inferior a um por cento.
No boletim informativo sobre o G7 publicado hoje, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) indica que a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) será negativa no quarto trimestre na Alemanha (menos 1,4 por cento no ritmo anual) e no terceiro em Itália (menos 0,1 por cento interanual).

No caso dos Estados Unidos da América, o PIB registará 1,1 por cento entre Julho e Setembro e 0,4 por cento nos três últimos meses do ano.

O Japão irá demarcar-se dos outros países apesar dos efeitos do sismo de Março e da catástrofe nuclear.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.