Açoriano Oriental
Novos aviões dificultam transporte de peixe

Os novos aviões que estão a ser operados pela Azores Airlines, na ligação com os Estados Unidos da América e Canadá, e vão ser utilizados em breve pela TAP, em voos diretos para o continente americano, colocam um novo problema aos comerciantes de peixe dos Açores.

article.title

Foto: Ana Carvalho Melo/AO
Autor: AO/LUSA

Os empresários consideram ser necessário encontrar formas de garantir o transporte do peixe com rapidez para os mercados, porque existe o risco de desvalorizar o produto. 

Simão Neves, representante da Azores Fisk, admite que o transporte de peixe é garantido “com muita ginástica diária” e o problema está a ser agravado com a nova frota da Azores Airlines. “O que era uma vantagem para nós, com a existência de voos diretos para os Estados Unidos da América, agora é um problema. Na nova frota da Azores Airlines e também da TAP, devido aos tanques de combustível, é reduzido o espaço de carga. Isto será uma grande ameaça a este negócio. O transporte é crucial para o desenvolvimento deste negócio”, assinala. 

Leia a notícia na íntegra na edição de quarta-feira, dia 4 de março, do jornal Açoriano Oriental


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.