Nova acusação para o antigo presidente Chirac


 

Lusa/AO Online   Internacional   18 de Dez de 2009, 10:49

O antigo presidente francês Jacques Chirac foi hoje acusado por um juiz parisiense num caso de alegados empregos fictícios no seu antigo partido, anunciou o seu gabinete em comunicado

Chirac foi acusado de «apropriação ilícita de interesses com relação a sete empregos» pelo juiz de Nanterre (oeste de Paris) Jacques Gazeaux, disse o advogado do antigo presidente, Jean Veil.

Este caso refere-se ao alegado pagamento de salários pela câmara municipal de Paris a membros do RPR, o partido de Chirac, identificados como funcionários municipais, mas que não realizavam qualquer tipo de trabalho.

O encontro com o juiz decorreu hoje nas instalações do mediador da República, na capital francesa, «um local totalmente neutro», explicou Veil. «O encontro durou 20 minutos, o juiz não colocou qualquer questão», acrescentou.

Jacques Chirac, 77 anos, tinha já sido acusado no final de Outubro num outro caso de empregos fictícios no município de Paris, do qual foi presidente de 1977 a 1995. Protegido durante 12 anos (1995-2007) pelas suas funções presidenciais, Chirac será o primeiro chefe de Estado francês a comparecer perante um tribunal em Janeiro de 2010.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.