Município aposta nos vinhos e gastronomia para promoção turística do concelho


 

Lusa / AO online   Economia   3 de Dez de 2011, 12:44

O município alentejano de Estremoz está a apostar nos vinhos e na gastronomia para a promoção turística do concelho, onde existem 22 produtores de vinho e várias tabernas típicas, disse hoje o presidente da autarquia, Luís Mourinha.

O autarca adiantou à Agência Lusa que o concelho tem também restaurantes de referência, sendo uma região de "boa vinha" e "um dos maiores produtores de vinhos de qualidade do Alentejo", com 22 empresas deste setor em atividade.

Luís Mourinha salientou ainda que o município lançou um vídeo promocional, denominado "Rota das Tascas do Concelho de Estremoz", que pretende contribuir para cativar mais pessoas a visitarem o concelho durante o ano para saborearem a "rica" gastronomia da região.

Segundo a autarquia, no concelho existem ainda sete unidades de enoturismo, onde é possível conhecer a história e o processo de produção do vinho e provar "algumas das melhores colheitas da região".

O município tem vindo a editar folhetos de promoção turística, entre os quais sobre os produtores de vinho e os restaurantes do concelho.

Em Estremoz, decorre desde quarta-feira e até domingo "A Cozinha dos Ganhões", o maior certame gastronómico do Alentejo, com uma dezena de tasquinhas que apresentam a gastronomia tradicional da região.

Luís Mourinha considerou o certame "a junção da amizade à volta da mesa".

A denominação de "ganhão" era atribuída antigamente aos trabalhadores da lavoura nas herdades do Alentejo.

O certame, promovido pela autarquia, com entradas gratuitas, que decorre no parque de feiras e exposições da cidade, atrai milhares de visitantes e conta com a participação de dez tasqueiros e quatro doceiros.

Trata-se, segundo a autarquia, de um evento de promoção turística do concelho de Estremoz, que tem para oferecer "sabor, saber, tradição e convívio".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.