Mulher de Liu Xiaobo confirma estar em prisão domiciliária


 

Lusa/AO online   Internacional   11 de Out de 2010, 11:34

A mulher do dissidente chinês Liu Xiaobo, prémio Nobel da paz 2010, confirmou estar em prisão domiciliária em Pequim, sem poder ser contactada por telefone, numa mensagem transmitida no Twitter.
"Meus amigos, estou de regresso a casa. A 08 (Outubro), fui colocada em prisão domiciliária. Ignoro quando estarei em condições de ver quem quer que seja”, indicou Liu Xia, num texto publicado domingo à noite no serviço de microblogs.

A prisão domiciliária de Liu Xia já tinha sido anunciada domingo pela organização norte-americana de defesa dos direitos do Homem, Freedom Now.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.