EUA

Morreu inventor do pacemaker aos 92 anos


 

Lusa/AO online   Internacional   28 de Set de 2011, 12:29

O americano Wilson Greatbatch, que inventou o pacemaker há mais de meio século, morreu na terça-feira em Buffalo, Nova Iorque, aos 92 anos.
Segundo um comunicado da empresa Greatbatch, emitido pelo seu presidente Thomas J. Hook, o inventor morreu num centro de assistência onde viveu nos últimos anos.

Engenheiro de formação, Greatbatch registou mais de 150 patentes ao longo da sua vida, entre as quais o pacemaker, implantado pela primeira vez com êxito em seres humanos no início da década de 1960.

Em 1970 fundou a empresa Wilson Greatbatch Ltd., actual Greatbatch Inc., para fabricar pilhas para os pacemakers.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.