Portagens nas SCUT

Ministro diz que política do Governo "está definida"


 

Lusa / AO online   Economia   30 de Out de 2007, 11:43

O ministro das Obras Públicas, Mário Lino, garantiu em Viana do Castelo que a política do Governo em termos de introdução de portagens nas SCUT “está definida”, escusando-se a quaisquer outros comentários sobre o assunto.
“O Governo tem a política definida sobre essa matéria”, referiu.

Mário Lino foi hoje confrontado com uma pequena manifestação de protesto promovida pelo PCP de Viana do Castelo contra a anunciada introdução de portagens na SCUT (auto-estrada sem custos para o utilizador) do Norte Litoral, entre aquela cidade e o Porto.

Uma dezena de militantes daquele partido empunhava tarjas onde se lia “Basta de injustiça, não às portagens na A-28” e autocolantes onde acusavam o Governo de mentir.

Apresentavam também um documento com o retrato económico e social do distrito de Viana do Castelo, mostrando os baixos índices de desenvolvimento, de poder de compra e de rendimento “per capita” da região, numa tentativa de sensibilizar Mário Lino para a importância de manter a A-28 sem portagens.

“Além disso, não há qualquer alternativa à A-28, pelo que nada justifica a introdução de portagens”, argumentavam os manifestantes.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.