Açoriano Oriental
Melhor marcador da I Liga quer ajudar Santa Clara a “voltar a fazer história”

O melhor marcador da I Liga de futebol, Thiago Santana, disse que quer ajudar Santa Clara a “voltar a fazer história” no campeonato, assumindo, contudo, a intenção de jogar em “grandes clubes” no futuro.

Melhor marcador da I Liga quer ajudar Santa Clara a “voltar a fazer história”

Autor: Lusa/AO Online

“Para já, quero ajudar o Santa Clara a voltar a fazer história no campeonato e a continuar a estabilizar-se no futebol português. Ainda tenho muitos objetivos e muitos sonhos por concretizar na carreira”, afirmou Santana, em entrevista à agência Lusa.

Com seis golos em seis jogos, Thiago Santana é o melhor marcador da I Liga de futebol, com mais um golo do que o médio sportinguista Pedro Gonçalves e do que o avançado Rodrigo Pinho, do Marítimo.

O Santa Clara está em quinto lugar no campeonato, com dez pontos (os mesmos do que o FC Porto), tendo marcado até ao momento sete golos.

“Como qualquer jogador de futebol, quero jogar nos grandes clubes e nos grandes campeonatos. Mas estou focado e determinado em ajudar o clube a atingir os seus objetivos. Quero continuar a deixar a minha marca aqui”, acrescentou Santana.

O avançado brasileiro assumiu que pretende “desfrutar do momento e poder prolongar a liderança na tabela dos melhores marcadores o máximo de tempo possível”.

Apesar do registo goleador, o atleta de 27 anos salienta que nada de servem os golos caso a equipa não vença os jogos: “se marcar e não conseguirmos ganhar, de pouco vai valer”.

Para Thiago Santana, o “segredo” para alcançar o topo dos melhores marcadores é “trabalhar ao máximo todos os dias” e estar inserido num “grupo de trabalho formidável”.

“Os seis golos não são só meus. Partilho os méritos com todos aqueles que treinam diariamente e que me fazem crescer”, declarou.

Nos últimos 20 anos, apenas 11 jogadores marcaram seis ou mais golos nas primeiras seis jornadas da I Liga: Feher, Acosta, Pena, Romeu, Lisandro, Cardozo, Montero, Jonas (por duas vezes) Pizzi, Zé Luís e Thiago Santana.

“Eu trabalho sempre com o intuito de atingir os melhores resultados possíveis. Sei que estou inserido num campeonato bastante competitivo e que enfrento defesas de grande qualidade, mas também sei que tenho qualidade”, afirmou o brasileiro.

O jogador do Santa Clara assume a intenção de permanecer no topo dos melhores marcadores, mas reconhece as dificuldades de manter a posição até ao final do campeonato.

“Era formidável para mim e era bom sinal para o clube também. Sei que será bastante complicado continuar com esse registo até final do campeonato, mas vou tentar dar o meu máximo para que isso aconteça”, disse, referindo-se ao lugar de melhor marcador do campeonato.

Santana chegou ao Santa Clara em 2017/18, tendo tido passagens pelo Vitória de Setúbal e pelos brasileiros do Náutico, Figueirense, Hermann Aichinger, Caxias e Internacional.

Na próxima jornada, o Santa Clara vai defrontar o Tondela no sábado, às 15:00, no estádio João Cardoso.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.