Alimentação

McDonalds abre primeira Universidade do Hambúrguer em solo chinês


 

Lusa / AO online   Economia   30 de Mar de 2010, 17:50

A cadeia multinacional de comida rápida McDonald's inaugurou esta terça-feira a primeira universidade do hambúrguer na China, para treinar novas gerações de gestores da empresa.
A universidade da McDonald's na China será a sétima da empresa em todo o mundo e custou 250 milhões de dólares (185,6 milhões de euros), completa com uma estátua do palhaço Ronald McDonald, símbolo do grupo, mas não tem como objectivo ensinar a fazer comida, antes ensinar novos quadros a gerir os restaurantes da cadeia.

"Devido à importância estratégica da China para a McDonald's, escolhemos estabelecer a nova universidade em Xangai. Temos de estar à frente nas necessidades de recursos humanos", disse Tim Fenton, presidente do grupo para as regiões da Ásia, Pacífico, Médio Oriente e África.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.