Mazda prevê aumentar vendas em 2009


 

Lusa / AO online   Economia   12 de Out de 2009, 16:45

A Mazda espera voltar aos lucros no segundo trimestre e terminar o ano fiscal de 2009 com vendas totais de 1.155.000 unidades, mais 55.000 veículos, superando as previsões iniciais, anunciou esta segunda-feira a empresa.
A construtora automóvel japonesa está a rever as metas para este ano fiscal de 2009 e diz que "as vendas globais deverão atingir 1.550.000 unidades, o que representa mais 55 mil [veículos] face à previsão inicial que era de 1.100.000 unidades", diz num comunicado sem no entanto referir o valor dos lucros esperados para o final do exercício.

Apesar do impacto negativo no mercado devido ao fim dos incentivos ao sector automóvel na Europa, que segundo a marca se farão sentir no segundo semestre do ano, a Mazda espera reduzir o decréscimo das vendas globais em cerca de 8 por cento com a contribuição do lançamento do novo Mazda3.

As previsões inicialmente apontadas para meados de 2009 avançavam com resultados líquidos operacionais negativos de 450 milhões de euros e prejuízos de 375 milhões.

Agora, a Mazda prevê para o segundo semestre do exercício uma melhoria dos indicadores financeiros com as perdas operacionais a reduzirem-se para 172 milhões de euros e os prejuízos da empresa a diminuirem para 195 milhões de euros.

"Esta revisão para melhor destes valores reflecte, principalmente, o aumento do volume de vendas em relação às previsões iniciais", adianta.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.