Marinha assiste embarcação de recreio em risco de afundar nos Açores

Marinha assiste embarcação de recreio em risco de afundar nos Açores

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   7 de Set de 2018, 10:49

A Marinha, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), e em articulação com a Capitania do Porto de Ponta Delgada (CPPDL), coordenou quinta-feira, uma operação de socorro ao veleiro “TWISTED”, com um tripulante açoriano a bordo, que se encontrava em perigo de se afundar, por estar a meter água, a cerca de 40 milhas náuticas a oeste da ilha de São Miguel.

Segundo informa a Marinha em comunicado, logo após o pedido de socorro, foi empenhada uma embarcação salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos, que se dirigiu ao veleiro “transportando uma bomba de esgoto que foi utilizada para controlar a entrada de água na casa da máquina, criando condições para que o veleiro navegasse apenas à vela, dado que o motor ficou inoperacional devido ao alagamento”.


Refira-se que a corveta da Marinha “António Enes” foi também empenhada para assistir o veleiro e foi realizada, por uma equipa do navio, uma avaliação preliminar da situação, sendo que foi concluído que a “embarcação se encontrava em condições de seguir pelos próprios meios. Com o motor danificado, o veleiro “TWISTED” navegou à vela para o porto de Ponta Delgada sempre com o acompanhamento da corveta da Marinha”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.