Competições europeias

Maniche quer vencer a Taça UEFA pelo Atlético de Madrid


 

Lusa/AO online   Futebol   1 de Out de 2007, 16:45

O internacional português Maniche manifestou o desejo de vencer a Taça UEFA pelo Atlético de Madrid, garantindo que está mais motivado e empenhado a levar os “colchoneros” ao topo do futebol espanhol.
      “Como todos os meus companheiros, quero chegar à final da Taça UEFA e vencer. Desejo ultrapassar todos os obstáculos”, vincou o atleta que conquistou a Taça UEFA 2002/03 e foi campeão europeu na época seguinte ao serviço do FC Porto.

    Quinta-feira, o clube madrileno recebe o Kayseri Erciyeespor, após goleada por 4-0 na Turquia, num desafio no qual Maniche espera que a equipa mantenha a “atitude série e empenhada, a única que permite passar as eliminatórias”.

    Depois de um primeiro ano com desempenho muito irregular no Atlético de Madrid, Maniche ganhou um lugar no “onze” do mexicano Javier Aguirre.

    “Tento jogar bem e ajudar os meus companheiros e fazer grandes jogos. Pessoalmente, estou bem, sinto-me mais confiante, mais empenhado com todos e estou feliz pelo meu rendimento”, referiu.

    O internacional luso tem feito uma dupla de sucesso com Raul Garcia no “miolo” - “é muito fácil actuar com ele, pois joga simples, com apenas um ou dois toques” - mas lembra que “uma equipa não se faz com um ou dois futebolistas, mas com todos”.

    Depois de vencerem o Osasuna por 2-0 - Maniche e Simão foram titulares, Zé Castro suplente - os madrilistas continuam a recuperar na classificação e estão no quinto lugar com 11 pontos em seis jogos, a cinco do líder Real Madrid, na semana em que os "colchoneros" visitam o Barcelona, quinto classificado, três pontos acima.

    “Temos tudo para fazer um bom jogo. Não falta vontade de vencer. Estamos contentes, porque estamos a jogar bem e a ganhar. Ainda falta muito campeonato, pelo que temos de pensar jogo a jogo, concentrados, e assim tudo será mais fácil. A época passada falámos muito, mas não atingimos qualquer objectivo. Em vez de falar, temos de jogar e vencer jogo a jogo. Queremos ficar nos quatro primeiros da liga”, concluiu.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.