Louis Vuitton obrigada a desmontar pavilhão instalado na Praça Vermelha

Louis Vuitton obrigada a desmontar pavilhão instalado na Praça Vermelha

 

Lusa/AO online   Internacional   27 de Nov de 2013, 10:35

O Kremlin ordenou esta quarta-feira a retirada de um pavilhão gigante com forma de mala da marca Louis Vuitton, cuja instalação na Praça Vermelha, em Moscovo, provocou uma onda de críticas.

 

“A instalação do pavilhão não foi acordada com a presidência russa”, disse hoje um alto funcionário do Kremlin, citado pela agência Interfax.

A mala gigante onde estava instalado o pavilhão onde ia funcionar uma exposição sobre a marca Louis Vuitton estava integrada nas cerimónias dos 120 anos da empresa comercial GUM, com sede na Praça Vermelha.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.