Juro no crédito à habitação em mínimo histórico

Juro no crédito à habitação em mínimo histórico

 

Lusa / AO online   Economia   29 de Out de 2009, 11:32

A taxa de juro implícita no crédito à habitação caiu em Setembro para um novo mínimo histórico, situando-se nos 2,361 por cento, tendo já caído, desde Dezembro do ano passado, 3,616 pontos percentuais, indicou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística.
Segundo os dados divulgados hoje, a taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação caiu 0,186 pontos percentuais face ao mês anterior, com o INE a relevar que tal representa um "abrandamento" na queda da taxa, embora "ligeiro".

O valor médio da prestação vencida foi de 263 euros, menos cinco euros que em Agosto.

A redução mensal dos juros verificou-se em todos os destinos de financiamento, tendo caído 0,182 pontos percentuais na 'aquisição de terreno para construção de habitação', 0,196 pontos percentuais na 'construção de habitação' e 0,184 pontos percentuais na 'aquisição de habitação'.

As taxas para estes destinos de financiamento fixaram-se nos 2,160 por cento, 2,323 por cento e 2,369 por cento respectivamente.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.