BCP

Joe Berardo aguarda decisões


 

Lusa / AO Online   Economia   15 de Out de 2007, 17:04

Joe Berardo, accionista do BCP, disse hoje que só depois da CMVM e o Banco de Portugal se pronunciarem sobre o perdão de uma dívida a um filho do presidente do Banco é que decidirá se apresenta queixa na Procuradoria.
    "Estou à espera que a Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM) e o Banco de Portugal tomem uma posição. Sei que posso apresentar queixa à Procuradoria-Geral da República (PGR), mas pretendo primeiro ver o que vai acontecer antes de decidir", afirmou o empresário madeirense em declarações à agência Lusa.

    Joe Berardo, accionista de referência do BCP, quer que as entidades supervisoras do mercado de capitais e da banca investiguem o alegado perdão da dívida a cinco empresas das quais era sócio Filipe Jardim Gonçalves, filho do presidente do banco, Jorge Jardim Gonçalves.

    "Vou dar tempo ao tempo. Sei dos meus direitos, mas não quero apressá-los. Pretendo ver primeiro o que vai acontecer na CMVM e no Banco de Portugal", frisou.

    O empresário lembrou que esta situação "prejudica" muitos accionistas do BCP, dizendo: "Aqui o que está em questão não sou só eu, há muitos accionistas".

    Joe Berardo, que detém mais de seis por cento das acções do BCP, já defendeu publicamente que este caso, que remonta a 2004, sofre de várias irregularidades, lembrando que há uma lei desde 2002 que não permite que, nas instituições bancárias, se empreste dinheiro a familiares de gestores e administradores.

    O empresário foi um dos principais apoiantes do anterior presidente executivo do BCP, Paulo Teixeira Pinto, e um dos maiores críticos de Jardim Gonçalves, na luta pelo poder no maior branco privado português que culminou com a demissão de Teixeira Pinto e a nomeação de Filipe Pinhal.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.