Comunicação

Internet gratuita em toda a ilha do Faial

Internet gratuita em toda a ilha do Faial

 

Lusa/AOonline   Regional   28 de Nov de 2008, 14:00

Os cerca de 15 mil habitantes da ilha do Faial, nos Açores, vão dispor de Internet gratuita, através do projecto da Câmara Municipal da Horta para estender a rede sem fios a todas as freguesias do concelho.
João Fernando Castro, presidente do município, anunciou a intenção de alargar a actual rede de locais WiFi (actualmente disponível em alguns locais da cidade da Horta), a todas as freguesias do concelho.

    Segundo explicou, as verbas necessárias para avançar com este investimento já estão previstas no Plano e Orçamento da autarquia para 2009, mas não revelou o montante total, uma vez que o documento não foi aprovado ainda em reunião de Câmara, nem da Assembleia Municipal.

    De qualquer forma, o autarca entende que este não é um investimento muito avultado, tendo em conta o actual valor do mercado dos equipamentos a instalar.

    O investimento será feito no âmbito dos protocolos de delegação de competências entre a Câmara Municipal e as treze Juntas de Freguesia do concelho, que aderiram todas a este projecto.

    O presidente da edilidade disse, também, que a actual largura de banda disponível na cidade “nunca foi saturada”, por isso entende que o serviço disponibilizado aos munícipes e a quem visita a ilha “é algo expedito e motivador do acesso às novas tecnologias”.

    Algumas Juntas de Freguesia da ilha já iniciaram, entretanto, a aquisição dos equipamentos necessários para instalar a rede wireless, antes mesmo deste anúncio feito pelo presidente da Câmara.

    A autarquia, que tem promovido várias iniciativas ligadas às novas tecnologias, vai organizar, a 05 de Dezembro, a primeira “Horta LAN Party”, uma iniciativa que visa juntar “jovens e graúdos” em torno dos desportos electrónicos.

    Esta feira informática, dedicada sobretudo à juventude, conta já com mais de uma centena de inscritos e irá decorrer ao longo de 30 horas ininterruptas.

    Sensibilizar as pessoas para as novas tecnologias, proporcionar às empresas do sector uma plataforma de comunicação e interacção com a população e com o sector profissional, são alguns dos objectivos deste evento.

    A par da maratona de torneios de computador, seis ao todo, haverá no mesmo espaço uma área dedicada a crianças e uma zona de palestras, onde serão discutidas matérias como a postura e computação saudável, a tecnologia verde e os riscos online para crianças e jovens.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.