Incêndio num atelier de deficientes faz 14 mortos e 6 feridos graves

Incêndio num atelier de deficientes faz 14 mortos e 6 feridos graves

 

Lusa/AO online   Internacional   26 de Nov de 2012, 16:21

Catorze pessoas morreram hoje e seis ficaram feridas com gravidade devido a um incêndio num atelier onde trabalham deficientes em Titisee-Neustadt, perto de Friburgo, no sul da Alemanha, indicaram a polícia e os bombeiros.

O incêndio, que deflagrou cerca das 14:00 locais (13:00 em Lisboa), foi antecedido por uma explosão, segundo a polícia, que disse ignorar se havia produtos químicos no local.

As causas do incêndio não são ainda conhecidas, disse um porta-voz da polícia, Karl-Heinz Schmid, em declarações ao canal de televisão N24.

Deficientes e empregados do atelier da organização Caritas foram retirados do local pelos bombeiros, muitos com problemas de intoxicação devido ao fumo.

Os feridos foram levados para o hospital, indicou Schmid.

Ao fim da tarde, a operação de resgate tinha terminado. "O edifício está vazio, não há mais mortos" no interior, afirmou um outro porta-voz da polícia, Marco Troll.

No total, 120 pessoas com deficiência física ou mental funcionavam neste atelier de trabalhos em madeira, situado a cerca de 35 quilómetros de Friburgo, no estado de Bade-Wurtemberg. Desconhece-se o número de pessoas que estavam no local quando deflagrou o incêndio.

Dois helicópteros e uma centena de bombeiros foram mobilizados para a operação de combate ao fogo.

Segundo a polícia, deverá realizar-se ainda hoje uma conferência de imprensa sobre o ocorrido.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.