Imprensa oficial escreve nome de Kim Jong-un a negrito em sinal de lealdade ao novo líder

Imprensa oficial escreve nome de Kim Jong-un a negrito em sinal de lealdade ao novo líder

 

Lusa/AO Online   Internacional   27 de Dez de 2011, 06:38

A imprensa oficial norte-coreana escreveu hoje o nome de Kim Jong-un a negrito, um novo sinal da lealdade do regime ao seu novo líder.

A edição de hoje do Rodong Sinmun, órgão oficial do Partido dos Trabalhadores, único na Coreia do Norte, escreveu o nome do novo líder a negrito, um privilégio reservado até agora a Kim Il-sung, fundador da Coreia do Norte comunista, e a Kim Jong-il, filho e sucessor na liderança do país, que morreu recentemente vítima de ataque cardíaco.

Kim Jong-un, filho de Kim Jong-il, foi designado novo líder do país após o anúncio da morte do seu pai no dia 19.

A imprensa oficial atribui-lhe o título de "grande camarada", designando-o depois como "comandante supremo" do Exército e chefe do Partido dos Trabalhadores.

Esta nova distinção, tipográfica, é mais um sinal que a transição de poder ocorre sem problemas para o terceiro representante da única dinastia comunista do mundo.

O funeral de Kim Jong-il está agendado para quarta-feira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.