Sociedade

Homem socorrido no Pico morreu

Homem socorrido no Pico morreu

 

Lusa/AO online   Regional   31 de Ago de 2010, 15:13

O homem de 33 anos que sofreu esta terça-feira uma paragem cardiorrespiratória no topo da Montanha do Pico acabou por morrer, tendo o Governo Regional dos Açores decidido instaurar um inquérito aos procedimentos de socorro.
O inquérito visa apurar as circunstâncias e procedimentos em que ocorreu o socorro ao homem que esta terça-feira sofreu uma paragem cardiorrespiratória no topo da Montanha do Pico.

O homem, de nacionalidade portuguesa, deu entrada já morto no Hospital da Horta, na vizinha ilha do Faial, para onde foi transportado por um helicóptero da Base das Lajes.

O processo de inquérito foi ordenado pelas secretarias regionais da Ciência, Tecnologia e Equipamentos e da Saúde.

O homem sofreu uma paragem cardiorrespiratória quando se encontrava no ponto mais alto de Portugal, a 2351 metros de altitude, tendo o pedido de socorro aéreo sido accionado às 06:50 horas (07:50 em Lisboa), ao mesmo tempo que era enviada para o local uma equipa de socorro dos Bombeiros da Madalena, no Pico.

O comandante da corporação, Ricardo Dias, revelou que o homem estava acompanhado por três pessoas quando, no final da subida ao Pico, se sentiu mal.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.