Açoriano Oriental
Homem realojado depois de incêndio ter deixado casa inabitável

Um homem de 60 anos teve de ser realojado, em Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel, na sequência de um incêndio que deixou a moradia “praticamente inabitável”, revelou fonte dos bombeiros locais.


Autor: Lusa/AO Online

João Curvelo, segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca do Campo, explicou à agência Lusa que o incêndio deflagrou por volta da meia-noite “no primeiro piso” da habitação localizada em Ponta Garça.

O homem de 60 anos “vivia sozinho” e, quando os bombeiros chegaram ao local, “já estava no exterior da habitação”, acrescentou.

Ainda de acordo com o segundo comandante, o fogo, cujas causas são desconhecidas, destruiu “mais de 75% da moradia”, que ficou “praticamente inabitável”.

No combate ao incêndio estiveram 25 bombeiros da corporação de Vila Franca do Campo, apoiados por dois veículos pronto-socorro e dois autotanques.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados