Hollywood interrompe filmagens devido aos incêndios


 

Lusa / AO online   Internacional   24 de Out de 2007, 17:52

Os incêndios na Califórnia afectaram alguns estúdios de Hollywood que se viram forçados a interromper a produção de famosas séries de televisão com o CSI ou 24, de acordo com o programa televisivo "Access Hollywood".
Na seu sítio da Internet, o programa assinala que os responsáveis do CSI, uma série que segue uma equipa de polícias forenses que investigam mortes e crimes misteriosos, adiaram as filmagens previstas para a área de Santa Clarita.

Por seu turno, a Fox cancelou segunda e terça-feira a produção de 24, uma série que se debruça sobre os esforços do agente Jack Bauer (Kiefer Sutherland) para prevenir atentados terroristas nos Estados Unidos, devido também à proximidade dos fogos no Condado de Orange.

O próprio Sutherland e outros protagonistas de 24 não puderam gravar uma cena que se passava numa base naval da localidade de Irvine, pois o fumo impedia-os de respirar com normalidade, assinalou a página da Internet do "Hollywood Reporter".

Violentos incêndios lavram desde domingo no Sul da Califórnia, tendo já queimado uma área equivalente superior à cidade de Nova Iorque e levado à evacuação de mais de 500 mil habitantes de San Diego.

Desde Los Angeles até San Diego, seis mil bombeiros tentam travar mais de uma dezena de fogos, que, até ao momento, causaram um morto - um homem de 52 anos - e 42 feridos, 16 dos quais bombeiros.

Em toda a região do Sul da Califórnia, mais de 1.200 edifícios de habitação e comércio ficaram destruídos.

Face à calamidade, o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, declarou hoje o estado de emergência em sete distritos: Los Angeles, Orange, Riverside, San Bernardino, San Diego, Santa Bárbara e Ventura.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.