Iraque

Hillary Clinton apelou a uma partilha do poder "legítima"

Hillary Clinton apelou a uma partilha do poder "legítima"

 

Lusa/AO online   Internacional   8 de Nov de 2010, 10:13

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, apelou a uma partilha do poder “legítima” no Iraque e a um governo “representativo” após o acordo político concluído sábado, que acabou com oito meses de paralisia das instituições.
Clinton indicou que não deseja fazer comentários enquanto esse acordo sobre a formação de um governo não for formalmente anunciado pelos iraquianos.

“Mas podemos dizer que apelámos constantemente aos iraquianos para se dotarem de um governo representativo para reflectir os interesses e as necessidades dos diferentes sectores da população, deve haver uma divisão do poder legítimo entre os diferentes grupos e indivíduos”, declarou em Melbourne, no âmbito de uma visita na Austrália.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.