Grécia avança com novas medidas de austeridade


 

Lusa/AO online   Economia   4 de Out de 2010, 11:32

O governo grego prevê a aplicação de mais medidas de austeridade no próximo orçamento para 2011, numa tentativa de continuar a reduzir o défice e de cumprir as metas definidas no âmbito da ajuda financeira internacional.
O ministro das Finanças da Grécia, George Papaconstantinou, assegurou que o próximo orçamento, apresentado esta segunda-feira no parlamento, não prevê reduções nos salários dos funcionários públicos.

No entanto, a Grécia vai avançar com novas medidas de austeridade no sentido de reduzir o défice orçamental para 7,6 por cento do produto interno bruto até o final do próximo ano.

O défice da Grécia situou-se em quase 14 por cento do PIB no final de 2009, e o governo diz que está a caminho de cumprir a sua meta para 2010 de reduzir a diferença para 8,1 por cento do PIB.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.