Governo torna relatórios de actividade obrigatórios

Governo torna relatórios de actividade obrigatórios

 

Pedro Lagarto   Regional   14 de Dez de 2009, 11:48

Os organismos e serviços da administração regional autónoma estão obrigados, a partir de agora, a apresentar os respectivos planos e relatórios de actividade até 15 e 30 de Janeiro, de modo respectivo.

A decisão consta de um despacho do vice-presidente do Governo, Sérgio Ávila, publicado em Jornal Oficial, e é justificada com a argumentação de que não é "possível pensar em planeamento sem controlo".

 

No seu despacho, recorda-se ainda que o plano de actividades "é um instrumento fundamental no processo de planeamento, ao orientar as decisões de afectação de recursos para a execução dos objectivos determinados", e que o relatório de actividades constitui "uma forma de controlo, que vem permitir avaliar a conformidade do desempenho com os planos definidos".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.