Pesca

Governo Regional garante investigação à suspensão de laboração na Lotinha Insular

Governo Regional garante investigação à suspensão de laboração na Lotinha Insular

 

LUSA/AOnline   Regional   5 de Nov de 2011, 13:09

O Governo açoriano garantiu hoje ter acionado os “mecanismos de fiscalização necessários” para averiguar as causas da suspensão de laboração da empresa de transformação de pescado da ilha de Santa Maria “Lotinha Insular”, que beneficiou de financiamentos públicos.

Na resposta a um requerimento apresentado pela deputado do PSD ao Parlamento regional Aida Santos, o Executivo esclarece, também, que os apoios concedidos à empresa foram atribuídos no quadro do programa comunitário PRODESA e mediante um protocolo assinado com o Instituto Financeiro da Agricultura e Pescas (IFAP).

No pedido de explicações dirigido ao Governo Regional, a parlamentar social-democrata sublinha que a “Lotinha Insular” foi inaugurada com “pompa e circunstância” em 2001, sendo então apresentado como uma “nova esperança” para a ilha de Santa Maria.

Passados 10 anos, “Sem capacidade de laboração, sem trabalhadores e com capital investido pelo Governo Regional, na ordem dos 80 por cento, [a Lotinha Insular] tornou-se num elefante branco na indústria de pesca”, sublinha Aida Santos.

Ao acusar o Executivo de não ter tido o “bom senso de acautelar o futuro”, a deputada do PSD refere que o processo de redução de trabalhadores na empresa começou em 2004.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.