Furacão Lorenzo

Furacão "Lorenzo" provoca 15 ocorrências e dois desalojados

 Furacão "Lorenzo" provoca 15 ocorrências e dois desalojados

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Out de 2019, 05:54

O furacão “Lorenzo” provocou até às 05h00, 15 ocorrências nos Açores, tendo sido necessário realojar duas pessoas na ilha de São Jorge, avançou o Governo Regional.

“Neste momento temos 15 ocorrências registadas, nove resolvidas e seis em resolução”, adiantou, em declarações aos jornalistas, a secretária regional da Saúde, Teresa Machado Luciano, acrescentando que existem duas pessoas desalojadas, que foram para casa de familiares.

Segundo a governante, que está no serviço de proteção civil dos Açores, sediado na ilha Terceira, as ocorrências, sobretudo “obstrução de vias, queda de árvores e telhas caídas”, foram registadas “nas Flores, no Pico e no Faial”.

O furacão “Lorenzo” baixou já para categoria 1, na intensidade prevista pela Proteção Civil açoriana.

“Estamos a acompanhar todo o processo e pensamos que o pico será por volta das 06:00 [07:00 em Portugal continental]”, afirmou Teresa Machado Luciano.

A rajada máxima até ao momento, 145 quilómetros por hora (Km/hora), foi registada na ilha do Faial, no grupo central, seguindo-se 130 Km/hora nas Flores e 126 km/hora no Corvo.

Já foram encerradas 61 estradas em várias ilhas dos Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.