Segurança Social

Fundo de Estabilização Financeira desvaloriza 3,14% até Setembro


 

Lusa/AOonline   Economia   20 de Out de 2008, 15:06

O valor total do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social (FEFSS) era, no final de Setembro, de 8.257 milhões de euros, o que traduz uma desvalorização de 3,14 por cento, revelou esta segunda-feira o ministro do Trabalho.
José António Vieira da Silva, que falava numa conferência de imprensa de apresentação do orçamento do seu Ministério para 2009, frisou que esta desvalorização foi influenciada pelo comportamento dos mercados nos últimos meses.

    O Ministério salienta, porém, que a rentabilidade negativa do Fundo era "superior em 0,10 por cento à rentabilidade de uma carteira de mercado de referência com limites idênticos aos do FEFSS, bem como (...) superior à rentabilidade média de fundos congéneres do sector privado".

    O secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques, que também participou na conferência de imprensa, explicou que segundo o regulamento de 2004, a composição do fundo pode integrar até 25 por cento de acções, mas actualmente, há uma actuação mais "prudente" e este tipo de aplicação não ultrapassa os 21 por cento.

    O responsável governamental realçou a evolução positiva do FEFSS no longo prazo, ao apontar a rentabilidade média dos últimos cinco anos que é de quatro por cento, o que "atesta" a evolução positiva no longo prazo, apesar do comportamento dos últimos meses, devido à crise dos mercados.

    Os Certificados de Reforma, um instrumento público de poupança para a reforma, têm 4.498 subscritores e apresentam uma rentabilidade de 2,3 por cento.

    A carteira do FEFSS é composta, além de 21 por cento de acções, com 50 por cento de dívida pública portuguesa, 25 por cento de outra dívida e quatro por cento de imobiliário.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.