Trabalho

Fundo de Compensação do Trabalho "é ridículo" para CGTP


 

Lusa/AO online   Economia   7 de Set de 2011, 18:02

A CGTP considerou “ridículo e um embuste” o Fundo de Compensação de Trabalho proposto pelo governo aos parceiros sociais e que será alvo de análise na próxima reunião de Concertação Social.
O Ministério da Economia enviou hoje aos parceiros sociais a proposta para a criação do Fundo de Compensação de Trabalho (FCT) a ser financiado pelas empresas que terão de descontar periodicamente até um por cento do valor dos salários e diuturnidades, num mecanismo só aplicável aos novos contratos.

“Através do FCT é criado um mecanismo que assegura o direito dos trabalhadores ao recebimento efectivo de uma parte das compensações devidas em caso de cessação do contrato de trabalho, a qual corresponde aos montantes entregues pelo empregador durante a execução do contrato de trabalho”, refere o comunicado enviado pelo ministério.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.