Fórum Mundial das Cidades de Cultura vai decorrer em Lisboa no próximo ano

Fórum Mundial das Cidades de Cultura vai decorrer em Lisboa no próximo ano

 

Lusa/AO Online   Nacional   19 de Nov de 2018, 17:55

Lisboa vai acolher, em outubro de 2019, o Fórum Mundial das Cidades de Cultura, e vai assumir também a copresidência do Comité de Cultura da União das Cidades e Governos Locais, anunciou a Câmara Municipal.

De acordo com informação transmitida pelo município, o “encontro vai realizar-se entre 23 e 25 de outubro do próximo ano” em Lisboa, cidade escolhida pelo seu “posicionamento estratégico como uma capital aberta, central e cosmopolita, com uma vocação internacional”.

O Fórum Mundial das Cidades de Cultura é uma rede internacional de 38 cidades que “elegem a cultura como motor da promoção urbana e da cidadania, colocando-a no centro das políticas públicas e do planeamento das cidades”, refere a nota enviada aos jornalistas.

Este ano, a cimeira decorreu nos Estados Unidos da América, na cidade de São Francisco, onde foi feito o anúncio do anfitrião do próximo ano.

Na semana passada, municípios como Paris, Moscovo, Nova Iorque, Rio de Janeiro ou Tóquio, debateram a “forma como os centros urbanos podem alterar a sua identidade cultural, face à rápida evolução tecnológica” e o que “se pode alcançar quando cultura e tecnologia se aliam”, refere o comunicado da Câmara de Lisboa, apontando que estiveram presentes “representantes políticos e especialistas de cultura de mais de 30 cidades”.

“Em Lisboa, o encontro vai debruçar-se sobre o papel da cultura na construção de cidades abertas e tolerantes e na abordagem dos desafios ambientais, bem como sobre estratégias de atração de públicos”, é apontado.

Citada na nota da Câmara Municipal, a vereadora da Cultura, Catarina Vaz Pinto, salienta que “é uma grande honra” acolher “este fantástico evento”.

“Lisboa é membro deste fórum há pouco tempo e é para nós uma grande satisfação fazer parte deste grupo de cidades. Estamos totalmente empenhados em trabalhar para esta rede e por isso tomámos a decisão de acolher esta cimeira”, acrescenta.

Já a presidente do fórum, e vereadora da Cultura e Indústrias Criativas de Londres, Justine Simons, considera “uma grande notícia a escolha de Lisboa para a realização da próxima cimeira anual, juntando líderes de cidades de vários pontos do globo para partilharem ideias sobre o crescente papel da cultura no desenvolvimento urbano”.

“A cultura tem o poder de transformar vidas, tornando as nossas cidades mais acolhedoras. Lisboa é uma cidade aberta e vibrante, vai ser uma grande anfitriã e irá certamente contribuir para nos inspirar ainda mais”, afirma.

A partir do próximo ano, a capital portuguesa vai também assumir a copresidência do Comité de Cultura da União das Cidades e Governos Locais, que se trata da “única plataforma à escala global que junta cidades, redes e organizações, para trabalharem juntas em políticas culturais locais e desenvolvimento sustentável”.

De acordo com o município, a designação de Lisboa para este cargo decorreu “dias antes, no México”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.