Economia

FMI revê em baixa o crescimento mundial


 

Lusa/AO online   Economia   4 de Nov de 2010, 09:20

O economista chefe do FMI, Olivier Blanchard, anunciou esta quinta-feira a previsão de crescimento mundial de 03 a 04 por cento em 2010 e “quase o mesmo” para 2011, revendo em baixa previsões da instituição divulgadas há um mês.
Olivier Blanchard afirmou aos microfones rádio francesa Europe 1 que “o crescimento económico ficará entre 03 e 04 por cento para o mundo inteiro em 2010, com assimetria, já que a progressão dos países desenvolvidos se limitará a 01 ou 02 por cento, enquanto os emergentes alcançarão 06 a 08 por cento, às vezes mais".

"Em 2011, a situação será quase a mesma", completou o economista em entrevista concedida à Europe 1, por telefone, a partir da sede do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington.

Nas últimas previsões semestrais publicadas em Outubro, o FMI previa um crescimento de 4,8% para 2010 e de 4,2% para 2011.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.