Feira de Chocolate regressa a Grândola para quatro dias de "tentação"

Feira de Chocolate regressa a Grândola para quatro dias de "tentação"

 

Lusa/AO Online   Nacional   28 de Out de 2013, 09:08

Os apreciadores de chocolate podem marcar na agenda os dias de 07 a 10 de novembro para fazerem uma visita à vila de Grândola, onde a sétima edição da Feira de Chocolate convida a várias experiências.

 

Iguarias com o chocolate como ingrediente principal, como licores, bombons e bolos, vão poder ser saboreadas nos expositores presentes no Parque de Feiras e Exposições de Grândola durante os quatro dias do evento, divulgou hoje o município.

Os “olhos também vão poder comer”, assistindo à exposição e produção ao vivo de peças artísticas em chocolate.

Para quem quiser aprender os “truques”, estão reservadas demonstrações de culinária ao vivo, no espaço denominado “Show Cook”, onde também acontecerão palestras e degustações.

Vai ser possível ver em ação os mestres chocolateiros Paulo Santos e Céu Carvalho, os chefes de cozinha Manuel Alexandre e Tony Salgado e elementos da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste.

Destaque também para a participação do estilista de açúcar Filipe Blanquet, com a sua exposição de peças de roupa e acessórios feitos com este ingrediente.

O Centro Ciência Viva do Lousal vai ter um espaço dedicado à realização de experiências científicas com chocolate e vai estar ainda à disposição “O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo”.

A mostra gastronómica, com um cruzamento entre o chocolate e a cozinha tradicional do Alentejo, vai mais uma vez apelar aos sentidos dos visitantes, numa iniciativa que decorre na zona de tasquinhas do recinto e nos restaurantes do concelho.

O programa do certame foi apresentado pela Câmara Municipal de Grândola, promotora, numa altura em que foi divulgado um estudo da Universidade de Granada, em Espanha, que demonstrou que comer chocolate, afinal, não engorda.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.