Liga dos Campeões

FC Porto obrigado a vencer o Zenit para inverter rumo na Champions

FC Porto obrigado a vencer o Zenit para inverter rumo na Champions

 

Lusa/AO Online   Futebol   6 de Nov de 2013, 07:41

O FC Porto tentará esta quarta-feira contrariar o seu rumo do Grupo G da Liga dos Campeões de futebol, quando, às 17:00, iniciar o confronto com os russos do Zenit, um ponto e um lugar acima na classificação.

 

Depois da derrota por 1-0 no Dragão, há duas semanas, os portistas estão obrigados a vencer em São Petersburgo, à quarta jornada da fase de grupos, para voltarem a depender de si próprios para se qualificarem para os oitavos de final.

Na antevisão da partida, o técnico do FC Porto, Paulo Fonseca, disse acreditar que a equipa “estará à altura do desafio”, enquanto o seu colega e adversário Luciano Spalletti contrapôs com um “Zenit em excelentes condições”.

A despenalização (dois jogos para um), pela UEFA, do médio belga Axel Witsel, conhecida terça-feira, poderá ser aproveitada pelo técnico italiano para usar o médio como “trunfo”, enquanto os portistas estão privados do mexicano Herrera, expulso na passada jornada, aos seis minutos do jogo contra os russos.

Com o Atlético de Madrid líder e quase apurado no Grupo G (nove pontos), a equipa de Paulo Fonseca (terceira, com três pontos) discute o segundo lugar com o Zenit (segundo, com quatro), numa partida dirigida pelo norueguês Tom Harald Hagen.

Os “colchoneros”, por sua vez, defrontam hoje Áustria de Viena (quarto classificado, com um ponto), pelas 19:45, e só precisam de ganhar para selar o apuramento para os “oitavos”, o que parece uma mera formalidade, após o 3-0 em Viena.

Além do Atlético de Madrid, também o FC Barcelona pode rumar aos “oitavos” - caso vença hoje o AC Milan e o Ajax não consiga os três pontos na receção ao Celtic, em jogos do Grupo H -, nos quais já estão o detentor Bayern Munique e o Manchester City.

Os alemães e os ingleses asseguram o apuramento na terça-feira, dia em que o Benfica “esbarrou” no seu ex-guarda-redes Roberto e perdeu por 1-0 no reduto do Olympiacos, ficando praticamente afastado dos “oitavos”, numa época com final na Luz.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.