FC Porto junta-se a Benfica e Sporting no topo e são os únicos com seis pontos


 

Lusa/Ao online   Futebol   19 de Ago de 2018, 23:11

O campeão nacional FC Porto, com um triunfo ‘arrancado a ferros’ frente ao Belenenses (3-2), no Jamor, juntou-se hoje a Benfica e Sporting no topo da tabela classificativa da I Liga de futebol, sendo os únicos com seis pontos.

Com a segunda jornada ainda a decorrer, dado que falta disputar na segunda-feira o encontro Vitória de Guimarães-Feirense, apenas FC Porto, Benfica e Sporting contam por vitórias os dois jogos disputados e somam a totalidade dos pontos.

O FC Porto venceu o Belenenses, por 3-2, no Estádio Nacional, no Jamor – ‘nova’ casa dos ‘azuis’ que confere aos jogos um ‘cheirinho’ a final de Taça de Portugal – com uma grande penalidade convertida por Alex Telles aos 90+6 minutos.

Os portistas estiveram a vencer por 2-0, com golos de Diogo Leite, aos 26 minutos, e Otávio, aos 46, tirando partido de um erro defensivo, mas o Belenenses conseguiu chegar ao empate, por Fredy, aos 55, de grande penalidade, e Keita, aos 83.

A grande penalidade convertida por Alex Telles foi a segunda do encontro marcada após o recurso ao videoárbitro.

O Sporting de Braga, que vinha de uma vitória por 4-2 frente ao Nacional, esteve a vencer por 3-0 em casa do recém-promovido Santa Clara, que perdeu na primeira ronda com o Marítimo (1-0), mas foi surpreendido na segunda parte com a reação açoriana e acabou por empatar a 3-3.

Pablo, aos 24 minutos, Wilson Eduardo, aos 29, e Dyego Souza, aos 40, colocaram os bracarenses a vencer por 3-0, mas, na segunda parte, o Santa Clara chegou ao empate, com golos de Thiago Santana, aos 46, Zé Manuel, aos 60, e Fábio Cardoso, aos 65.

Com este resultado, o Santa Clara somou o primeiro ponto e subiu a 13.º, enquanto o Sporting de Braga segue no quarto posto, com quatro, mas pode ser ultrapassado pelo Feirense.

O Moreirense venceu em casa do Nacional, por 2-1, e depois da derrota em casa na jornada inaugural da I Liga, frente ao Sporting (1-3), conquistou os primeiros três pontos no campeonato de 2018/19.

Pedro Nuno, aos 07 minutos, e Heriberto, aos 61, foram os marcadores dos golos dos minhotos, que passam a ocupar a 10.ª posição, com três pontos, tantos como os somados por outras sete equipas.

O recém-promovido Nacional, que ainda empatou por Witi, aos 50 minutos, e desperdiçou uma grande penalidade aos 90+4, por Arabidze, somou a segunda derrota consecutiva, após o desaire frente ao Sporting de Braga (4-2), e é 17.º posicionado.

Em Vila do Conde, o Rio Ave venceu o Marítimo, por 3-1, e à segunda jornada conquistou a primeira vitória na presente edição da I Liga, impondo à formação insular a primeira derrota.

Bruno Moreira, aos 12 minutos, o angolano Gelson Dala, aos 40, e o francês Damien Furtado, aos 87, foram os autores dos golos da formação vila-condense, que vinha de uma derrota por 2-0 frente ao Feirense.

O camaronês Joel, aos 73 minutos, na conversão de uma grande penalidade, reduziu para os madeirenses, que sofreram o primeiro desaire na competição, após o triunfo em casa com o recém-promovido Santa Clara (1-0).




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.