Liga Portuguesa

FC Porto entra com vitória e Benfica escorrega antes do "clássico"

FC Porto entra com vitória e Benfica escorrega antes do "clássico"

 

Lusa/AO   Futebol   24 de Ago de 2008, 22:44

O FC Porto iniciou a defesa do título com uma vitória sobre o Belenenses (2-0), enquanto o Benfica empatou no terreno do Rio Ave (1-1), no último jogo da primeira jornada da Liga portuguesa de futebol
A uma semana do primeiro grande "clássico" da temporada, no Estádio da Luz, o tricampeão FC Porto tem razão para estar duplamente moralizado, face ao triunfo no Dragão e ao mau ensaio dos "encarnados".
Depois de perder a Supertaça para Sporting - também entrou no campeonato a ganhar, batendo do Trofense no sábado (3-1) -, os tricampeões voltaram a não fazer uma grande exibição, mas jogaram o suficiente para derrotar uns muito renovados "azuis".
Com cinco argentinos no "onze" inicial, acabaria por ser o "alviceleste" Mariano Gonzalez a inaugurar o marcador, aos 15 minutos, num lance de sorte em que a bola bateu no jogador do FC Porto, depois de um alívio de China.
Já em inferioridade numérica, devido à expulsão de Carciano, aos 74 minutos, o Belenenses acabaria por sofrer o segundo golo dez minutos depois, num excelente remate de Hulk, que se estreou a marcar pelo FC Porto.
Mais tarde, o Benfica escorregou na visita a Vila do Conde, deixando escapar os dois primeiros pontos no terreno do Rio Ave, recém-promovido ao escalão máximo.
Aos 55 minutos, Semedo colocou o Rio Ave em vantagem, que durou apenas um minuto, uma vez que, na resposta, Nuno Gomes empatou o encontro, com um golpe de cabeça a corresponder a um cruzamento de Urreta e após alívio deficiente do guarda-redes Paiva.
Tal como na última temporada, o Benfica empatou a uma bola na primeira jornada, depois de em 2007/08 ter igualado com o Leixões, que também tinha subido à Liga.
No sábado, o Sporting derrotou o estreante Trofense, por 3-1, com golos de Tonel (05 minutos), Izmailov (24) e Yannick Djaló (28).
O primeiro grande caso da Liga portuguesa desta época surgiu na segunda parte do encontro de Alvalade, quando Polga, que viu o primeiro cartão vermelho do campeonato, derrubou o avançado Zé Carlos fora da grande área, numa falta convertida em grande penalidade, concretizada por Pinheiro, aos 60 minutos.
O Nacional da Madeira, que aposta numa qualificação europeia, entrou hoje bem na Liga com uma vitória por 3-1 no terreno da Leixões, que chegou a estar em vantagem, com um golo de Wesley, aos 17 minutos.
A reviravolta "alvinegra" começou a desenhar-se aos 36 minutos com um golo de Bruno Amaro, que conseguiu, aos 62, o primeiro e até agora único "bis" da Liga, antes de Edson Sitta (65) fazer o resultado final.
O brasileiro Celsinho, emprestado pelo Sporting, deu, aos 57 minutos, a primeira vitória ao Estrela da Amadora e ao treinador Lito Vidigal, que se estreou hoje na Liga.
No outro encontro do dia, a Naval 1º de Maio também venceu pela margem mínima, com Marinho a marcar, logo aos três minutos, o tento da vitória sobre o europeu Marítimo.
Na sexta-feira, no primeiro encontro da temporada, num duelo de Vitórias, Guimarães e Setúbal empataram a uma bola, com Douglas (45+1) a dar vantagem aos vimaranenses e Elias (82) a estabelecer a igualdade.
Já o Sporting de Braga estreou-se sábado com um triunfo no terreno do Paços de Ferreira, por 2-0, com os golos a serem apontados pelos reforços Meyong (47 minutos) e Paulo César (85).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.