Exposição de homenagem a Emanuel Jorge Botelho

Exposição de homenagem a Emanuel Jorge Botelho

 

Ana Carvalho Melo   Cultura e Social   20 de Nov de 2012, 16:34

A Casa Armando Côrtes-Rodrigues/Morada da Escrita e o Instituto Cultural de Ponta Delgada inauguram na sua sede, esta sexta-feira, às 21h00, uma exposição bio-bibliográfica, intitulada "como o tempo Passa", em homenagem a Emanuel Jorge Botelho.

Nascido, em 1950, na cidade de Ponta Delgada, Emanuel Jorge Botelho tem uma vasta produção literária, reunida em vários livros de prosa e poesia e em colaborações dispersas por diversas revistas nacionais e estrangeiras.

Manuel de Freitas, no prefácio à antologia poética Tudo isto para falar da noite (Lisboa: Língua Morta, 2012), refere-se a Emanuel Jorge Botelho como um autor em “clara resistência a modas, grupos ou ditames estéticos” e que a sua escrita escuda-se “num léxico tão discreto quanto tenso e indefectível”.

A exposição estará patente até ao dia 23 de fevereiro de 2013, de segunda a sexta-feira, das 14h00 às 17h00.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.