Câmbios

Euro passa a barra dos 1,50 dólares

Euro passa a barra dos 1,50 dólares

 

Lusa / AO online   Economia   9 de Nov de 2009, 11:50

O euro voltou hoje a passar a barreira dos 1,50 dólares com o apetite pelo risco de regresso aos mercados que apostam na manutenção por muito tempo ainda de taxas de juro em mínimos históricos pelos bancos centrais.
Às 12:26, o euro valia 1,4994 dólares contre 1,4846 sexta-feira à noite, depois de ter superado a barra dos 1,50 dólares por volta das 10:30, nível que não ultrapassava desde 26 de outubro.

Os maus números do desemprego norte-americano, que, numa primeira reacção, impulsionaram sexta-feira as divisas refúgios que são o dólar e o iene, poderão também levar os bancos centrais a manter durante mais tempo as taxas de juro a um nível historicamente baixo, o que favorece os investimentos em activos bolsitas em detrimento do dólar.

Por outro lado, as indicações dadas pelos ministros das Finanças do G20, reunidos este fim-de-semana no Reino Unido, segundo as quais as medidas de apoio à economia deverão manter-se até a consolidação da retoma mundial, jogam também neste sentido.

O euro valorizou-se 20 por cento nos últimos oito meses, apesar das preocupações manifestadas já por várias vezes nas últimas semanas pelo presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, que ainda a 15 de Outubro considerava "extremamente importante" um dólar forte.

A queda da divisa norte-americana face ao euro preocupa os europeus, cujas exportações perdem competitividade na hora da retoma.

O euro está, no entanto, ainda longe do seu recorde face à divisa norte-americana atingido em Abril de 2008, quando tocou os 1,60 dólares.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.