Meteo

Estado do tempo sofre agravamento em todo o arquipélago

Estado do tempo sofre agravamento em todo o arquipélago

 

Lusa/AO online   Regional   31 de Out de 2011, 09:13

O estado do tempo vai sofrer um agravamento nos Açores a partir da madrugada de terça-feira, esperando-se vento forte com rajadas que podem atingir 130 quilómetros por hora e ondas de nove metros de altura.
A previsão do Instituto de Meteorologia indica que o mau tempo vai começar a fazer-se sentir nas ilhas do Grupo Ocidental (Flores e Corvo) a partir das 03:00 de terça-feira e mantém-se até às 12:00 de quinta-feira, com ondas de oeste, passando a noroeste, com mais de nove metros.

Neste grupo de ilhas, entre as 03:00 de terça-feira e as 09:00 de quarta-feira, espera-se também vento de oeste entre 75 e 87 quilómetros por hora, com rajadas que podem chegar aos 130 quilómetros por hora.

No Grupo Central (Terceira, Graciosa, S. Jorge, Pico e Faial), entre as 09:00 de terça-feira e as 12:00 de quinta-feira, espera-se agitação marítima com ondas de oeste, passando a noroeste, entre oito e nove metros de altura.

Ainda neste grupo de ilhas, entre as 09:00 de terça-feira e as 09:00 de quarta-feira, a previsão aponta para vento de oeste entre 75 e 87 quilómetros por hora, com rajadas que podem atingir 130 quilómetros por hora.

Relativamente ao Grupo Oriental (S. Miguel e Santa Maria), a previsão indica agitação marítima, com ondas entre oito e nove metros, das 18:00 de terça-feira até às 12:00 de quinta-feira.

O vento vai soprar de oeste entre 65 e 74 quilómetros por hora, com rajadas até 100 quilómetros por hora, das 12:00 de terça-feira até às 06:00 de quarta-feira.

Na sequência desta previsão, o Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores emitiu hoje um aviso em que recomenda às populações que adoptem as medidas de precaução habituais nestas ocasiões.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.