Crime

Espanha convoca célula de crise sobre atuneiro sequestrado

Espanha convoca célula de crise sobre atuneiro sequestrado

 

Lusa / AO online   Internacional   17 de Nov de 2009, 10:55

O governo espanhol convocou vários ministros para uma reunião da célula de crise que tem acompanhado o caso do atuneiro Alakrana, sequestrado na Somália e que pode ser libertado a qualquer momento, disseram fontes governamentais.
As mesmas fontes acrescentaram que a célula da crise está já reunida sob a presidência da vice-presidente do governo, María Teresa Fernández de la Vega, contando com representantes dos serviços secretos e de Defesa.

A caminho estão os ministros da Defesa, Negócios Estrangeiros, Meio Ambiente, Meio Rural e Marinho.

A situação está a ser acompanhada “minuto a minuto” pelo primeiro-ministro, José Luis Rodríguez Zapatero, que deverá falar aos jornalistas sobre o caso cerca das 13:30 (12:30 em Lisboa).

O próprio Zapatero terá já informado telefonicamente o líder da oposição, Mariano Rajoy (Partido Popular) da “possível libertação” dos pescadores espanhóis, sequestrados há mais de um mês por piratas na Somália.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.