Empregadas de limpeza furtam ouro e dinheiro

Empregadas de limpeza furtam ouro e dinheiro

 

Luís Pedro Silva   Regional   2 de Nov de 2013, 23:00

Durante este ano já foram identificadas seis empregadas de limpeza por furto de ouro e dinheiro. Uma diretora regional está na lista de vítimas. Último caso conhecido envolveu um furto de 25 mil euros na casa de um empresário em Ponta Delgada.

O destaque fotográfico destaca uma reportagem sobre o futuro da Universidade dos Açores, que foi analisado por quatro reitores. Machado Pires, Vasco Garcia, Avelino Menezes e Jorge Medeiros apresentam as suas reflexões sobre a estratégia para defender a academia açoriana.

Um homem foi condenado a sete anos de prisão por tráfico de droga na cadeia de Ponta Delgada.

Já está a funcionar o programa de apoio ao pagamento de rendas nas lojas das baixas dos municípios e vilas dos Açores.

China procura produtos açorianos para lojas gourmet.

O Açoriano Oriental promove uma conferência no dia 12 de novembro para debater o mar dos Açores. 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.