Política

Eleição de delegados ao Congresso da JSD vai ser repetida

Eleição de delegados ao Congresso da JSD vai ser repetida

 

Lusa/AO online   Regional   1 de Set de 2010, 11:40

A eleição dos delegados ao Congresso da JSD/Açores vai ser repetida em Vila Franca do Campo, S. Miguel, por decisão do Conselho de Jurisdição Regional na sequência da impugnação apresentada pela candidatura de Cláudio Almeida.
O actual presidente da JSD/Açores, que se recandidata ao cargo, manifestou "satisfação" pela decisão do Conselho de Jurisdição, frisando que o pedido de impugnação foi “documentado com provas”.

“A eleição nas duas urnas de Vila Franca do Campo não funcionou da melhor forma. A abertura e o fecho das mesas de voto falharam completamente em relação à convocatória inicial”, afirmou.

Cláudio Almeida recordou que a convocatória "determinava a abertura das urnas entre as 20:00 e as 22:30", frisando que "o que aconteceu é que elas abriram às 19:00 e fecharam às 21:00, impossibilitando a votação de militantes".

A decisão de repetir o acto eleitoral não agradou à outra candidatura à liderança da JSD/Açores, liderada por Alexandre Gaudêncio, que revelou a intenção de recorrer para o Conselho de Jurisdição Nacional.

“Há matéria jurídica por onde pegar, segundo a opinião dos juristas, e já estamos a preparar a nossa defesa”, frisou o actual vice-presidente da JSD/Açores, que disputa a presidência desta organização política de juventude.

Alexandre Gaudêncio assegurou que pretende levar o caso "até às últimas consequências", considerando "sem fundamento" a decisão de mandar repetir a eleição de delegados em Vila Franca do Campo.

"Durante o ato eleitoral havia delegados da lista que está a impugnar o processo, pelo que estranho que não se tenham pronunciado", afirmou, acrescentando que está em causa a eleição de delegados numa concelhia "muito activa", que é a segunda com mais militantes da JSD/Açores, cerca de 350.

Na sequência da decisão do Conselho de Jurisdição Regional compete agora ao presidente da Assembleia de Ilha de S. Miguel marcar nova data para as eleições em Vila Franca do Campo, de que dependem as contas finais quanto aos delegados eleitos por esta ilha para o Congresso da JSD/Açores.

A candidatura de Alexandre Gaudêncio já reclamou vitória em S. Miguel, anunciando ter eleito 20 dos 34 delegados desta ilha, mas os números foram rejeitados por Cláudio Almeida, que afirmou ter vencido nos concelhos de Ponta Delgada, Povoação e Nordeste, admitiu a derrota na Ribeira Grande e recordou que falta repetir a eleição em Vila Franca do Campo.

Na Terceira, Alexandre Gaudêncio também reclamou vitória, o que foi confirmado pela candidatura de Cláudio Almeida, que frisou ter vencido em todas as restantes ilhas dos Açores, onde foi o único a apresentar listas.

O Congresso da JSD/Açores decorre entre 10 e 12 de setembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.